GOVERNO DE SP ANUNCIA PRÓXIMOS EVENTOS DO PROGRAMA MODERNISMO HOJE

4 minutos para ler

A nova Casa Mário de Andrade, obras modernistas do acervo da Pinacoteca e projeção mapeada no Palácio dos Bandeirantes são uma das 270 atividades culturais programadas; 186 eventos já foram realizados

O Governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira (8) as próximas atividades do Programa Modernismo Hoje, iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa com a Secretaria de Turismo e Viagens que celebra o centenário da Semana de Arte Moderna e reúne um total de 270 atividades culturais das instituições do Estado — 186 (69%) já foram realizadas e 84 estão programadas. Um investimento total de R$ 50 milhões e 4 eixos articulados: programação cultural, Agenda Tarsila, Fomento a projetos de Articulação institucional.

Os destaques de 2022 ficam por conta de “Modernismo. Destaques do Acervo”, na Pinacoteca  (13 de janeiro a 20 de dezembro), com 134 obras de artistas modernistas que fazem parte do acervo do museu; a exposição “O Atelier de Brecheret’,’ no Museu Catavento, sobre a vida e a obra de Victor Brecheret (10 de fevereiro a 31 de março de 2022), a mostra “Pilares de 22”, no Memorial da América Latina, com caricaturas de artistas brasileiros que influenciaram o modernismo na América Latina (13 de fevereiro a 13 de abril), a exposição “Esse Extraordinário Mário de Andrade”, no Museu Afro Brasil (25 de fevereiro a 30 de junho), e a projeção mapeada “100 anos de Modernismo / São Paulo celebra a Semana de 22”, do Estúdio Bijari, na fachada do Palácio dos Bandeirantes (13 a 17 de fevereiro).

A partir de abril, estão previstas a inauguração da exposição “A Arte Sacra dos Modernistas” no Museu de Arte Sacra de São Paulo, com obras de artistas modernistas criadas a partir da religiosidade e da fé; da galeria multimídia do Museu Casa de Portinari (Brodowski, interior de SP), apresentando as obras de Candido Portinari reunidas em seu Catálogo Raisonné, e da mostra multimídia e interativa “100 Anos Modernos” no MIS, com curadoria de Marcello Dantas.

Coletiva de Imprensa – Foto: Governo de São Paulo

“É fundamental afirmar a potência e o caráter transformador da arte e da cultura”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão. “O Programa Modernismo Hoje traz a Semana de Arte Moderna, um patrimônio do Brasil, para a agenda da sociedade para que as pessoas conheçam e interajam com o tema. Também queremos deixar um legado, como a nova Casa Mário de Andrade.”

Outro projeto que será inaugurado até dezembro deste ano é a ampliação da Casa Mário de Andrade, museu que foi casa do grande escritor modernista na Barra Funda, zona oeste da capital. O local deve sediar um complexo sobre o modernismo, com áreas expositivas, núcleo educativo, sala multimídia e acervo. No investimento de R$ 8,6 milhões, está prevista ainda a construção de um auditório com 80 lugares, café e loja.

‘Modernismo. Destaques do acervo’ da Pinacoteca’ foi apresentada em visita guiada logo após o anuncio da programação.  São 134 trabalhos obras do museu ligadas ao tema, entre pinturas históricas, como ‘Amigos’, de Di Cavalcanti, ‘Antropofagia’ e ‘São Paulo’, de Tarsila do Amaral; ‘Auto-retrato’ e ‘Portadora de Perfume’, de Victor Brecheret; ‘Bananal’, de Lasar Segalli; ‘Casal na varanda’, de Cícero Dias e ‘Dois Irmãos’, de Ismael Nery.

Na programação virtual, a plataforma #CulturaEmCasa vai contar a história dos modernistas por meio de uma projeção mapeada na fachada do Palácio dos Bandeirantes. Também será possível assistir, de 13 a 19 de fevereiro, ao vivo, as projeções na própria sede do Governo de São Paulo. As projeções envolvem imagens de importantes ícones do modernismo – com iconografia, obras e alegorias inspiradas na produção artística da época.

Agenda Tarsila e fomento

Plataforma que reúne 500 atividades online e presenciais das instituições públicas e da sociedade civil, além de um vasto conteúdo relacionado ao tema modernismo, a Agenda Tarsila foi iniciada em 9/2021. Até o momento, o portal tem 100 mil usuários únicos compilados e 9 milhões de usuários alcançados em redes sociais.

No eixo Fomento, o ProAC Editais 2021 R$ investiu 1,5 milhão para um edital específico destinado a projetos relacionados ao tema modernismo. Foram 494 projetos inscritos 16 selecionados (10 do interior e 6 da capital).


Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Gostou desta matéria? Leia também:

Lançamento de livro explora as lacunas do centenário da Semana de Arte Moderna

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial