Obras ambientadas na CASACOR podem inspirar coleção de arte

4 minutos para ler

As obras de arte na mostra demonstram como a arte contribui substancialmente para a harmonia e o bem estar

A CasaCor 2022, evento de design de interiores, arquitetura e paisagismo que acontece anualmente em várias cidades do Brasil e do mundo, abriu suas portas em São Paulo nesta terça-feira (5).

A edição comemora os 35 anos da CASACOR em atividade no mercado e inaugura no cartão-postal mais conhecido da cidade: a Avenida Paulista. Ao ocupar 3 andares do edifício do Conjunto Nacional, a mostra dialoga com o projeto arquitetônico sexagenário de David Libeskind. 

As rampas de acesso ao evento recebem o visitante com painéis que ilustram a linha do tempo histórica da mostra, que antecedem depoimentos em vídeo de profissionais do setor.

O TEMA DA CASACOR 2022

O tema, “Infinito Particular”, foi proposto pelos curadores Livia Pedreira, Pedro Ariel Santana e Cris Ferraz. Diante da recente experiência coletiva de isolamento social, pandemia e a exaustão diante da insegurança, é natural que o doméstico tenha se tornado um lugar de acolhimento, proteção e bem-estar. É este ambiente que dá vazão ao nosso infinito particular

Os profissionais responsáveis pelos 59 ambientes da mostra se debruçaram sobre a ideia e apresentam ambientes com visível toque pessoal e íntimo. Além do apelo visual, a mostra também investiu em intensos estímulos olfativos em que o primeiro passo no ambiente é praticamente a imersão em uma nova dimensão.

OS DESTAQUES DA MOSTRA

Os destaques da mostra selecionados pela Artsoul são grandes inspirações para a construção de um ambiente intimista, aconchegante e que possibilite a projeção da personalidade de cada um de nós. As obras de arte ambientadas na mostra demonstram como a arte contribui substancialmente para a harmonia e o bem estar coletivo.

  • Ambiente da arquiteta Bruneta Fraccaroli com obras da artista Fernanda Naman. Imagem: Divulgação

É o caso da composição de obras da artista Mai-Britt Wolthers que trazem a abstração colorida ao ambiente amadeirado e de iluminação neutra de Marina Linhares.

No ambiente de Brunete Fraccaroli, o tema se apresenta em outros formatos. A arquiteta prioriza o branco e off-white, escolha que destaca os formatos arredondados e as transparências. A obra da artista Fernanda Naman, que também acompanhou a arquiteta no ambiente da CASACOR 2021, aparece aqui como um ponto de fuga ao conduzir o olhar para uma abstração geométrica que brinca com superfícies espelhadas.

Assista a visita da Artsoul na CASACOR 2022 para conhecer os artistas em destaque:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marketplace de Arte (@artsoul.br)

PROJETO CORES DO MUNDO NA CASACOR

A CASACOR fez uma parceria com o Instituto Estou Refugiado para a contratação de recepcionistas para trabalharem nos ambientes da mostra. Outra ação fruto da parceria é o mural “Alma Colorida da Cidade” do artista congolês Lavi Kosongo, como parte do projeto Cores do Mundo. O artista apresenta uma pintura de 22 metros no bar caracol de Pedro Luis de Marqui, no ambiente projetado pela dupla Plantar Ideias.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por CASACOR Oficial (@casacor_oficial)

Para informações de visitação, acesse o site oficial da CASACOR São Paulo 2022.

Victoria Louise é jornalista cultural, formada em Crítica e Curadoria da Arte e Gestão Cultural pela PUC-SP.


Gostou desta matéria? Leia também:

Ruangrupa propõe lumbung na 15ª documenta de Kassel

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial