Obra “Game Changer” de Banksy vai a leilão na Christie’s para arrecadar recursos ao Sistema de Saúde da Inglaterra

3 minutos para ler

A obra Game Changer do artista urbano Banksy voltou a ser notícia nesta semana. Feita em 2020, a obra foi doada ao Hospital Southampton no ano passado.

Em uma grande moldura branca e proteção de vidro, a cena em preto e branco de um menino que descarta os bonecos action figure do Batman e do Homem Aranha para brincar com uma enfermeira super-heroína chamou a atenção de todos. No instagram oficial do artista, a postagem gerou 2,8 milhões de curtidas e 31,2 milhões de comentários.*

Obra Game Changer do artista urbano Banksy – imagem: Artnews

Ao se tratar de uma homenagem aos profissionais da saúde, a imagem impacta por remeter ao árduo trabalho realizado nos hospitais de todo o mundo em razão da pandemia do novo coronavírus.

Neste mês, a obra, que está em exposição no hospital, será leiloada pela Christie’s e estima-se que atinja um valor de cerca de R$ 23,7 milhões de reais.

Banksy é conhecido por se opor à logica de mercado que insere seu trabalho em coleções privadas. Contudo, o valor arrecadado nesta venda será todo revertido ao NHS (sigla em inglês para Serviço Nacional de Saúde) da Inglaterra e uma reprodução permanecerá em exposição no hospital.

Em entrevista ao The Guardian, Katherine Arnold, especialista da Christie’s comenta que

“em um momento em que podemos ousar ter esperança mais uma vez e olhar para a vida além da pandemia, é importante refletir sobre os muitos símbolos de força e esperança que vimos internacionalmente desde o início de 2020.”**

A casa de leilão Christie’s é, ao lado da Sotheby’s, uma das casas de leilão mais importantes do mercado de arte internacional. Fundada em 1766 na Inglaterra, a empresa já trabalhou com obras de Leonardo da Vinci, Alexander Calder, Willem de Kooning e Mark Rothko.

Não é a primeira vez que uma ação de doação da obra de Banksy acontece. Além de Game Changer, em julho de 2020, a Sotheby’s organizou a venda de Mediterranean Sea View 2017, uma obra tripla com cenas clássicas de paisagem litorânea. As cenas ganham uma série de coletes salva vidas, elemento que remete à crise de imigração dos refugiados de guerra europeus que tentam desesperadamente sair de seu país em viagens altamente perigosas. A obra foi leiloada e o valor revertido em doações para um hospital infantil em Belém na Palestina.

A atualidade da obra de Banksy é sempre latente. Seja sob a ótica da crítica social ou uma intervenção em espaços da cidade, as obras são construídas com exatidão e se relacionam diretamente com o contexto. Com sensibilidade visível e identidade oculta, o artista é o mais emblemático da arte urbana atual.

Obra de Banksy com tom divertido de intervenção no espaço. Foi publicada em sua página do instagram em outubro de 2020 – Imagem: BBC

Victoria Louise é redatora da ArtSoul formada pela PUC-SP em Arte: História, Crítica e Curadoria e Gestão Cultural

Gostou desta matéria? Leia também:

CASA DE LEILÃO APRESENTA QUADRO INÉDITO DE VAN GOGH

*Até a data desta publicação.
**Trecho original “at a time when we can dare to hope once more, and look at life beyond the pandemic, it is important to reflect on the many symbols of strength and hope we have seen internationally since the beginning of 2020.” – retirado de reportagem de The Guardian em 8 de março de 2021, disponível aqui.

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial