Marina Abramovic lança documentário biográfico. Saiba mais!

3 minutos para ler

Dirigido pelo cineasta sérvio Boris Miljkovic, o documentário “Homecoming – Marina Abramovic and Her Children” traz à tona a biografia de uma das figuras mais importantes no quesito arte performática. Estreou durante o Sarajevo Film Festival e destaca a exposição “The Cleaner”, montada em 2019, no Museu de Arte Contemporânea de Belgrado, onde estudou e lançou sua carreira.

O filme traz a voz da artista narrando as suas próprias memórias – condensadas em 2016 no livro “Walk Through Walls” – e inicia com o país natal, a Iugoslávia, mostrando também a dura relação com a mãe e incluindo um rico material de arquivo, além de conversas com o diretor. Enquanto a linha do tempo se desenrola, um grupo de jovens artistas intitulado os “filhos de Abramovic” se organiza para disseminar e repercutir suas obras da mostra de Belgrado às margens do rio Drina, na fronteira entre a Bósnia e Herzegovina e a Sérvia. 

O documentário passeia ainda pelos estados autoritários em que a artista vivia: tanto dentro de casa quanto no momento político de seu país. Isso porque ela nasceu durante o regime do ditador Josip Broz e sofria abusos por parte dos pais, que eram também heróis comunistas da Segunda Guerra Mundial. Entre suas muitas maneiras de fugir dessa realidade, uma delas aconteceu nos anos 70, quando fez as malas e pegou um trem para Amsterdã. 

filhos de Abramovic

Sua trajetória teve ainda uma importante parceria com o artista Ulay, que aconteceu entre 1976 e 1988, período em que também mantiveram um relacionamento. Depois de 12 anos trabalhando juntos, os dois se separaram por meio da performance “The Lovers”.

Além do filme, Abramovic aproveitou o confinamento para trabalhar na apresentação “7 Deaths of Maria Callas”, combinando performance, ópera e videoarte; o “The Life” – uma performance inovadora de realidade mista; e um projeto de televisão com a Sky Arts. 

Para quem gosta da artista, alguns outros vídeos podem ser adicionados à lista: “Marina Abramovic – A Artista Está Presente” convida a acompanhar a performance realizada no MoMA de Nova York, onde ela passou 736 horas e 30 minutos sentada de maneira imóvel. Quem passava por lá era convidado a sentar-se diante dela e olhar nos seus olhos por algum tempo, provocando as mais diversas reações. Já “Espaço Além – Marina Abramovic e o Brasil” mostra uma viagem da artista pelo país, com imersão em diferentes cultos religiosos para abrir o coração e conectar as pessoas usando a arte como ferramenta.

Carol Tavares é jornalista , especializada em marketing digital com foco em cultura é co-fundadora da Associação Brasil Auê, que apóia artistas brasileiros em Barcelona.

Gostou desse texto ? Leia também :
A fotografia encenada na arte contemporânea

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial