ELIZABETH MACHADO É ANUNCIADA COMO NOVA PRESIDENTE DO MAM SP

2 minutos para ler

Na última quinta-feira (10) foi anunciada a nova presidência do Museu de Arte Moderna de São Paulo: Elizabeth Machado assume a gestão da instituição no biênio 2021-2022.

A economista e gestora cultural já mantem relações estreitas com o MAM desde a elaboração do projeto de uma nova unidade no início dos anos 2000, cuja concretização ainda não foi viabilizada. 

Sua colaboração principal à cultura do país se consolidou na diretoria do Teatro Alfa durante 18 anos, de 2002 a 2020 e na participação no Conselho Administrativo da Fundação Bienal de São Paulo de 2005 até o presente, da qual foi presidente entre 2009 e 2012.

Elizabeth Machado, gestora que assume a presidência do MAM – Imagem: Folha de São Paulo/Karina Bacci
Elizabeth Machado, gestora que assume a presidência do MAM – Imagem: Folha de São Paulo/Karina Bacci

Com essa nomeação, Elizabeth Machado se apresenta como um reforço à estrutura educativa já construída pelo museu. A gestora tem este setor como sua prioridade e diz admirar os projetos educativos e a forma como o MAM acolhe jovens artistas. 

Além disso, será uma pauta importante a ampliação do acesso ao acervo. Estreitando o relacionamento com outras instituições, a gestão poderá expor os trabalhos em ambientes que expandem os limites do Parque Ibirapuera, onde o museu está localizado. Dessa forma, diferentes partes da cidade passam a ser impactadas pelas cerca de 5 mil obras de arte moderna e contemporânea brasileira pertencente ao MAM.

Antes de Machado, as duas últimas gestões foram de Mariana Guarini Berenguer, de 2019 a 2021 e Milú Vilela, de 1995 a 2019. 

O Museu de Arte Moderna de São Paulo tem 73 anos de história e sua inauguração, em 1948, carimbou a posição do país no mapa da arte moderna por mediar, a partir de então, o intercâmbio com a cena internacional europeia e norte-americana que se desenrolava na época.

Hoje, junto a outros 4 museus, o MAM faz parte da rede cultural atuante no Parque Ibirapuera, o parque mais frequentado da América Latina* tem projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer e projeto paisagístico de Roberto Burle Marx.

_______________________________________

Victoria Louise é crítica e produtora cultural, formada em Crítica e Curadoria e Gestão Cultural pela PUC-SP

*Segundo publicação da Folha de São Paulo em 2017

Gostou deste texto? Leia também:

JOSÉ DAMASCENO: COTIDIANO EM SUSPENSÃO

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial