Prêmio Pipa dá início a 12ª edição e anuncia novos formatos

2 minutos para ler

O Prêmio Pipa, uma das principais premiações das artes visuais no Brasil, deu início à sua 12ª edição nesta última quinta-feira (25).

Em 2021, em razão da pandemia, a apresentação do trabalho dos artistas selecionados será no formato de uma ocupação online no site oficial, assim como em 2020, mas agora com o aceno a uma exposição online.

As mudanças no formato da premiação já são vistas desde a edição de 2019 na qual a exposição quebrou a sequência de realização no MAM Rio, para acontecer na Villa Aymoré, também no Rio.

O Conselho de Gestão do Prêmio Pipa convida profissionais do circuito artístico brasileiro para indicar até 3 artistas com trajetória recente, de no máximo dez anos de carreira em diversos suportes e mídias da arte visual.

Uma vez alinhados à proposta do Instituto Pipa, os artistas serão convidados a assinar um termo de participação. Todos os artistas participantes têm seu trabalho publicado no catálogo mas, após seleção do Conselho, apenas 5 serão vencedores.

O prêmio nesta edição será de 10 mil reais para cada artista vencedor e para a categoria Pipa Online, o prêmio será de 5 mil para cada artista.

Imagem publicada no perfil oficial do Instagram para anunciar a abertura da edição 2021 do Prêmio Pipa

O Pipa Online é uma vertente da premiação, na qual todos os artistas participantes têm seu trabalho disponível online para votação aberta. O resultado desta votação pode gerar até dois selecionados ganhadores do prêmio.

O trabalho do Instituto Pipa tem sido importante na ampliação do reconhecimento a artistas de carreira recente, criando maior visibilidade a estes profissionais a partir do amplo material publicado. São produzidos catálogo, imagens, vídeos de artistas e textos que ficam à disposição permanente ao público.

O processo de seleção poderá ser acompanhado no site do Prêmio Pipa nos próximos meses. O encerramento se dá junto à publicação do catálogo previsto para o mês de novembro e disponível em formato digital.

Victoria Louise é crítica e produtora cultural, formada em Crítica e Curadoria e Gestão Cultural pela PUC-SP

Gostou deste texto? Leia também:

CONHEÇA AS 3 ARTISTAS ESCOLHIDAS PELO 1º PRÊMIO VOZES AGUDAS

Siga-nos e compartilhe nosso blog:
Posts relacionados

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial